quinta-feira, 18 de março de 2010

Garanhuns











Fui ao Recife este ano afim de "cutucar" os ingredientes, a comida, corri os supermercados, os mercados, as feiras livres, encontrei muita coisa legal. Mercados públicos funcionando como entrepostos de alimentos e não como meros pontos turísticos, feiras maravilhosas de orgânicos e agricultura familiar (como já mencionei em outro post). Queria mais, então um grande amigo, professor da UPE (Universidade de Pernambuco) me convidou para passar uns dias em Garanhuns, onde ele leciona. Uma cidade muito bonita. Estava procurando justamente grãos e farinhas de mandioca quando encontrei o Mercado de Farinha, um lugar criado pela prefeitura para o pequeno produtor vender seu excedente, tanto de farinha quanto de grãos (feijões, favas, milho, etc.).
O entorno do mercado de farinha também é muito interessante: tem uma feira do pequeno agricultor (o entorno de Garanhuns tem muitos assentamentos de agricultura familiar)e o mercado municipal, que também vende grãos e farinhas, traquitanas para casa, roupas, carnes, sapatos, brinquedos, fumo de rolo, além de pequenos boxes onde se encontra comidas típicas, bebidas e histórias de amor ou de valentia. Escolhi algumas imagens que mais dá a noção da diversidade que é este grande ponto de vendas e trocas. A mulher na foto chama-se Cineide, do bar São Luiz.














Fotos: Adelmo Lapa

2 comentários:

te disse...

achei muito legal,mercados são lugares encantadores com pessoas sábias por que são simples. lindas as fotos. aguardo receitas

te disse...

Olá
gostei da matéria, e tbm aguardo receitas.
Bjs
Elis, Paulo e Pedro.